Pura Inspiração!!!

24 de agosto de 2009

Vamor Falar de Reverência?

Pensando a respeito na dificuldade que todas temos (creio eu) em manter os pimpolhos quietinhos na sacramental que tal preparar um treinamento de presidência no Primeiro Domingo do mês sobre isso....com sugestões e dicas para nossas amadas irmãs conseguirem vencer este grande desafio? Estou preparando e até o final desta semana colocarei o material do treinamento e por enquanto comentem aqui quais suas dificuldades, dúvidas e anseios. Bjosss

Olá pessoal ai vai os materiais usados no treinamento e que confeccionamos para as mamães:

Dicas do Manual do Berçário
Vou ser Reverente
Eu vou obedecer meus Pais
Respeito e Reverência
Passatempos
Para colorir
Pintar e Recortar
Contando História
Placas de Reverência
Recorte

Dividi as irmãs em grupos e cada um ofereceu sugestões para melhorarmos a reverência de nossas crianças como, por exemplo, o lanche na sacramental que não deve acontecer, é necessário que nos esforcemos para acordar mais cedo e sair de casa com as crianças alimentadas e desta forma sintam fome somente nas aulas, sabemos que nos alimentamos em horários habituais então precisamos criar o hábito de lanchar somente nas aulas além disso não levar para igreja alimentos que contenham açúcar pois deixam as crianças ainda mais agitadas como biscoito, chocolate, refrigerante, bala e etc....precisamos levar frutas e água que refresca é faz muito bem á saúde tem duas reportagens que levei para a aula uma delas fala sobre crianças hiperativas mas as dicas servem para todas.
Os doces e as crianças
Meu filho é Agitado. E agora?

Chegamos então á conclusão de que o lanchinho é a pior forma de fazermos com que nossos filhos fiquem no banco sentados e quietos por que além deles ficarem mais agitados com a comida ainda chama outras crianças que vão sair de perto da sua família para comer o que seu filho está comendo e a reverência já não te pertence mais a partir daí hehehe
Então é isso espero que usem e que sirva bjoss a todos

Karen



6 comentários:

Ana Maravilhosa disse...

Pooooooooooxa, isso seria maravilhosooooooooo!!!!!!!!
Eu mesmo, teenho grandes dificuldades, meu filho tem 3 aninhos e só fica quieto com a presença de uma amiguinha em especial, mas não gosto muito... prefiro que fique ao meu lado mas aí já viu... quer o pai e ele está sentado no púlpito... afffff as vezes me pergunto o que eu fui fazer lá... rsrsrss bem, eu sei!
Estou ansiosíssima!!!!!!!!!
Bejuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
Ana Maravilhosa

Professora Visitante SUD disse...

qdo meu Lucas tinha menos idade eu tinha muitas dificuldades em fazer com que ele ficasse em silencio todo o tempo na sacramental (hoje ele tem 8 anos) e as vezes ainda tenho que dar uns pulos pra mante-lo quieto...
Sempre faço alguns joguinhos tipo jogo da memoria, com alguns itens do sacramento, ou de alguma história das escrituras, tb converso com ele qdo começa o hino sacramental, que precisamos ficar de olhos fechados e sem falar nada....sei que cada criança é diferente uma da outra, mas sei que se ensinamos eles aprendem!!!
Outra coisa tb, como meu marido sempre está no púlpito, nunca deixo ele longe de mim, nem junto com outra criança, e qdo alguma criança vem falo pra ela se sentar com sua família,!!! vou aguardar seu treinamento ...bjinhos

Carol Fugazza disse...

Nossa, vou adorar!
E usar com o meu pequenininho...
Manda manda manda... :o)))

Wandyson Moreira disse...

hehehe!!Acho que esse dificuldade é realmente marca registrada em muitas Estacas, aqui na minha Ala não é diferente. Mas tmos melhorado muito.
Excelente idéia a do treinamento.
Um Abraço!!

Carla disse...

MINHA FILHA TEM 3 ANOS E NAO FALA BAIXO DE JEITO NENHUM NA SACRAMNTAL E SE CHAMO A ATENÇÃO DELA, GRITA E CHORA, FAZ UM ESCANDALO, COMO SE EU ESTIVESSE BATENDO.
TENHO QUE PARAR RESPIRAR E SSAIR PRA CONVERSAR........POR FAVOR NECESSITO DE ALGUMAS DICAS PARA ME AUXILIAR.
OBRIGADA
E AMEI O BLOG!!

sabrina disse...

Queridas irmãs, primeiro gostaria de dizer que o blog está muito bom. Quanto ao assunto reverência das crianças na Sacramental e tenho a dizer que quando meu filho nasceu, para minha família foi um pouco complicado nos adaptar. Conforme ele ia crescendo ia ficando cada vez mais difícil manter a reverência. Eu ficava bastante estressada com isso pois me incomodava com o que os membros iriam pensar. Até que um dia, uma irmã que já tinha seus filhos maiores, me disse algo que me fez refletir. Ela havia dito que uma liderança da igreja, que infelizmente não me recordo quem, havia dito que os pais, ao tentarem acalmar seus filhos, pioravam a reverência dos mesmos. E passei a perceber que isso tinha um fundo de verdade, pois a cada tentativa de acalmar meu pequeno mais ele se agitava. Passei então a tentar fazer diferente, e com o tempo ele foi melhorando cada vez mais. Porém, ele foi crescendo e ai queria ficar brincando na hora da Sacramental, foi quando eu tive a ideia de levar quebra-cabeças para ele montar na sala. Já que ele ama esse tipo de jogos. Hoje, ele já não se alimenta mais na hora da Sacramental e ainda recebe vários elogios por se comportar na hora do sacramento e de toda a Sacramental. Percebi que a fé e a paciência me ajudaram muito a fazer com que ele aprendesse o porque da reverência e hoje ele não vê a mesma como uma condição imposta.

Visite o site oficial da Igreja